Receita do Pinho: Risotto Ítalo-Nordestino

Receita do Pinho: Risotto Ítalo-Nordestino

Risotto Ítalo-Nordestino (arroz vermelho, banana da terra e carne seca). Foto: Felippe Augusto.

Talvez o risotto seja o prato que mais fiz em minha cozinha nos últimos anos. Tudo começou despretensiosamente. A minha esposa, na época namorada, viu a receita de um Risotto Caprese (tomate seco, rúcula e mussarela de búfala) e praticamente implorou para que fizesse.  

Foi a primeira vez que preparei na vida. Não tinha noção de tempo, ponto do arroz, sabor, enfim eu só tinha comigo o sentimento que carrego até hoje e todas as vezes que entro na cozinha para preparar qualquer receita: Vai dar certo!

Realmente ficou muito bom. A partir desse existiram outras incontáveis criações de última hora dessa que considero uma das receitas mais versáteis e criativas da cozinha.

Recentemente ganhei de presente, direto da Itália, um saquinho de Riso Rosso (arroz vermelho em italiano) e naquele momento, ainda emocionado com o presente, prometi para mim mesmo que faria alguma receita para compartilhar com vocês. Mas tinha que ser algo que de alguma maneira tivesse uma ligação e me permitisse fazer uma fusão entre as duas culturas: a brasileira e a europeia.

Não foi tão fácil assim, mas como num passe de mágica a ideia de unir sabores tipicamente nordestinos à um produto vindo da Europa surgiu em minha cabeça e comecei a rabiscar a receita.

Durante o processo de desenvolvimento da receita eu recebi uma dica bem valiosa que fez minha receita fazer todo o sentido e que vale a pena ser compartilhada.

Vocês sabiam que o arroz vermelho foi a primeira variedade de arroz cultivado no Brasil? Ainda no século 16, essa variedade de arroz foi trazida da Europa e cultivada inicialmente aqui na Bahia, sendo o Nordeste o maior produtor desse ceral durante o império português, foi assim até o século 18. Hoje é chamado também de  “Arroz do Sertão”.

Após o pulo na história, vamos ao momento saúde! O arroz vermelho não é tão popular em nosso dia a dia, mas ele é rico em nutrientes e fibras, auxilia na perda de gordura além de blindar o coração contra o colesterol ruim.

Viram quanta informação existe por trás de um simples arroz? E então, vamos nos permitir experimentar essa receita incrivelmente saboroso e saudável?
Risotto Ítalo-Nordestino (Arroz Vermelho, Banana da Terra e Carne Seca)

Ingredientes

  • 1 xícara de arroz vermelho ou arbóreo
  • 500 ml de caldo de legumes
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 1/2 cebola pequena picada
  • 2 dentes de alho pequenos picados
  • 1 xícara de vinho branco seco
  • 2 bananas da terra
  • 1/2 xícara de queijo coalho cortado em cubos pequenos
  • 1/2 xícara de queijo coalho ralado
  • 1 xícara de carne seca dessalgada cozida e desfiada
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa cheiro verde picado (cebolinha, coentro e salsa)

Modo de preparo

Comece descascando as bananas da terra e cortando-as na metade. Retire as sementes e corte uma das bananas em cubos e reserve. Envolva a outra banana em papel alumínio (lado brilhante em contato com o alimento), asse a 220ºC por 30 minutos, ou até estar levemente cozida e amasse com um garfo para firmar um purê. Reserve.

Saltei a banana cortada em cubos em uma frigideira com um pouco de manteiga, o suficiente para não grudar no fundo da frigideira, até os cubos ficarem levemente dourados. Reserve.

Em uma panela, refogue a cebola no azeite até ficarem translucidas e depois acrescente o alho e refogue por mais 1 minuto. Acrescente o arroz e refogue por mais 2 minutos. Adicione o vinho branco e espere que o vinho evapore por completo.

Se você, assim como eu, estiver usando o arroz vermelho, pode colocar umas 5 conchas do caldo, tampar a panela e aguardar que o caldo tenha sido totalmente absorvido. Esse processo deve levar em torno de 30 minutos. Diferente do arroz arbóreo, o vermelho não libera amido e absorve o líquido bem mais lentamente, por outro lado é bem mais saboroso.

Após esse processo, experimente o arroz para verificar o ponto dele. Lembrando que ele é um arroz mais firme que o arbóreo. Quando estiver al dente, adicione o purê de banana da terra e misture até ficar homogêneo. Se ficar muito denso adicione mais uma concha de caldo. Adicione a carne seca cozida e desfiada, o cheiro verde e misture até ficar homogêneo de novo.

Desligue o fogo e adicione o queijo coalho ralado e misture vigorosamente para que seja todo dissolvido e se incorpore ao risoto. Mais uma vez, se ficar muito grosso pode adicionar mais uma concha do caldo de legumes. Adicione as bananas em cubos, o queijo coalho em cubos, a colher de sopa de manteiga e misture delicadamente para se integrarem ao risoto. Está pronto!

Sirva imediatamente, pois risotto se come assim que sai da panela.

Espero que gostem da combinação e bom apetite à todos!

Rendimento: 2 porções

Tempo de Preparo: 1h

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*