O pão nosso de cada dia

O pão nosso de cada dia

logo flatA partir de agora, vamos seguir uma tradição americana de comemorar um alimento por dia. A homenagem gastronômica é decorrente do costume de relacionar símbolos a características relacionadas ao país. Assim, foi criado um calendário em que todos os dias é dia de algum alimento.

Dia do pão francês

Hoje o dia é do francês mais querido do Brasil. Seu sobrenome é estrangeiro, mas sua origem é brasileira. Você também pode chamá-lo de “pão de sal” ou “cacetinho”, mas se for para a França e entrar em uma padaria em Paris e pedir “un pain français, s’il vous plaît” (“um pão francês, por favor”) vai encontrar dificuldades. O pão francês é uma adaptação brasileira da baguete do século 19 da França. Os brasileiro quando voltavam de suas viagens pela França, descreviam aos padeiros da época o pãozinho que fazia sucesso no estrangeiro. Dessa gastronomia oral saiu o “pão francês brasileiro”, que difere de sua fonte de inspiração europeia, sobretudo por poder levar até açúcar e gordura na massa.

pao frances

Início

Tudo começou em 1893, em Chicago, na feira “Garland Nacional das Flores”. Cada flor representava cada um dos 50 estados do país. Isso deu início a uma tendência que levou à adopção de aves oficiais do estado, árvores e todos os símbolos estaduais únicos reconhecidos hoje.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*