Receita do Pinho: Manihot com carnes curadas e molho lambão

Receita do Pinho: Manihot com carnes curadas e molho lambão

Olá pessoal, estavam curiosos para saberem o que preparamos na Camicado? Quem acompanhou os stories no Instagram do Repórter Gourmet pode ver algumas coisas. Mas enfim o mistério acabou, vou contar tudo para vocês!


Fizemos um menu com entrada, prato principal e sobremesa. Uma sequência de receitas que serão apresentadas aqui, na minha coluna. Primeiro escolhemos um ingrediente base, que foi a mandioca e que está presente em todas as receitas. Para criar os pratos pesquisamos bastante e tivemos como referência uma revista dos anos 1960, chamada “Revista Brasileira de Folclore” , edição que que falava sobre a história da mandioca e sua utilização na culinária daquele período no Brasil. Se vocês quiserem podem baixar através deste link: http://bit.ly/2mpP0OX.

Nessa revista encontrei muitas informações e foram surgindo ideias de como utilizar a mandioca para fazer um menu que fosse interessante. A proposta, além de usar a mandioca como base, era utilizar ingredientes regionais e que fossem característicos de nossa terra, a Bahia.

Trabalhamos uma entrada, um prato principal e uma sobremesa, todas elas tendo como base a farinha de mandioca ou farinha de guerra, como alguns a chamam. Começaremos então com a entrada que será a Manihot. O nome não foi criado por mim, na verdade Manihot Esculenta (Manihot Utilissíma), foi cantado pelo grandioso Djavan na música Farinha:

“A farinha é feita de uma planta da família das euforbiáceas, euforbiáceas de nome manihot utilíssima que um tio meu apelidou de macaxeira e foi aí que todo mundo achou melhor!”.

Esse é um dos nomes das dezenas de espécies de mandioca que existem. Achei o nome interessante e que iria dar uma identidade legal ao prato, então o batizei de Manihot, que basicamente é uma massa feita com farinha de mandioca e água nas devidas proporções e depois de trabalhada é aberta com o rolo de macarrão. Após ela é assada na frigideira até ficar levemente crocante. Sem mais, vamos a receita!

INGREDIENTES

-1 xícara de farinha de mandioca;
-1/2 xícara de água natural (temperatura ambiente);
-300g de Carne de Fumeiro (cozida e desfiada);
-300g de Carne de Sertão (cozida e desfiada);
-300g de Carne do Sol (cozida e desfiada);
-1 cebola grande cortada em tiras finas (julienne);
-3 colheres de sopa de azeite;
-3 colheres de chá de manteiga;
-Sal a gosto.


Para o Molho Lambão
-1 tomate maduro grande picado;
-1/2 cebola roxa picada;
-1/2 pimentão verde pequeno picado;
-2 colheres de sopa de cheiro verde picado (cebolinha, salsinha e coentro);
-1/2 limão (sumo);
-1 1/2 colheres de sopa de vinagre de vinho branco;
-1 1/2 colheres de sopa de água;
-2 pimentas dedos de moça picadas;
-2 pimentas doces (aquela verde que não arde) cortada em rodelas;
-1 colher de sopa de azeite;
-Sal a gosto.

PREPARO
Vamos começar dessalgando as carnes. Coloque as carnes em tigelas separadas e troque a água por 3 vezes para cada carne. Feito isso, cozinhe separadamente na pressão cada carne por uns 30 minutos ou até que as elas estejam macias para desfiar. Desfie as carnes ainda quentes e reserve separadamente.

Nesse meio tempo, prepare o molho lambão. Junte todos os ingredientes em um recipiente, tempere com sal a gosto e reserve na geladeira por 1 hora. Experimente e caso não esteja ardendo muito acrescentar outra pimenta dedo de moça. Lembrando que esse molho não arde como um molho de pimenta tradicional, ele deve ser levemente picante.

Vamos à massa. É muito simples, basta colocar a farinha em uma tigela e depois adicionar a água. Incorpore até que a mistura se torne homogênea e maleável. A massa deve ser  trabalhada sovando como a massa de farinha de trigo, durante uns 5 minutos mais ou menos, ou até que ela se torne elástica.

Feito isso, faça um rolo com a massa e corte na metade. Essa metade corte na metade e depois corte em 4 pedaços. Faça o mesmo com a outra metade. Deverão ter 16 pedaços ou mais, caso você opte por dividir em mais pedaços.

Faça uma bolinha com cada pedaço de massa e com a ajuda de um rolo de macarrão, em uma superfície lisa, vá abrindo os círculos até que fiquem bem fininhos na espessura, 1 mm aproximadamente. Outro detalhe, não precisa enfarinhar a superfície pois a massa não gruda, basta a superfície estar seca e limpa.

Esquente uma frigideira antiaderente e de um em um vá assando os discos até que os dois lados estejam levemente crocantes. Detalhe, quando você virar o lado à massa vai suflar (encher de ar) com uma faca ou um garfo faça um furo para que o ar quente saia e a massa volte a ficar plana.

O resultado final deve ser igual à de um “taco” mexicano. Repita o processo com todos os discos de massa e reserve.

Em outra frigideira, coloque uma colher de sopa de azeite e 1/3 da cebola cortada em tiras e salteie até que estejam translucidas. Adicione a Carne de Fumeiro e salteie por 2 minutos. Finalize com uma colher de chá de manteiga e reserve. Repita esse processo com todas as carnes.

APRESENTAÇÃO
Disponha os discos assados, com as carnes em recipientes separados e o molho lambão em uma molheira e sirva aos seus convidados com uma cerveja bem gelada.

Rendimento: 16 porções
Tempo de Preparo: 50 minutos

Confira nosso albúm:

A preparação da receita foi realizada na Camicado, Salvador Shopping, em parceria com o Repórter Gourmet. Todos os utensílios e louça que foram utilizados são da loja.

*Por Felippe Augusto, o Pinho.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*