O que você precisa saber sobre adegas climatizadas

O que você precisa saber sobre adegas climatizadas

Foto: Art des Caves.

Não basta saber apenas a quantidade de vinhos que pretende guardar ao escolher uma adega climatizada. É importante levar algumas questões em consideração como, por exemplo, a escolha por equipamentos com sistema termoelétrico ou por compressor? Para te ajudar nesta missão, o especialista Orlando Nascimento, gerente comercial nacional da Art des Caves (desenvolvedora de adegas climatizadas), explica, em entrevista ao Repórter Gourmet como e, quais os critérios para você fazer a melhor escolha.

Repórter Gourmet – Quais vinhos é necessário conservar em uma adega climatizada?
Especialista – Por vivermos em um clima tropical, que durante o ano as temperaturas podem chegar a 45°C, o correto seria conservar todos os vinhos dentro de uma adega.

RG – Quais os critérios técnicos para serem avaliados na hora de comprar uma adega climatizada?

Especialista – O consumidor deverá, inicialmente, avaliar quais as características são realmente importantes para a armazenagem de seu vinho. Encontramos no mercado um número grande de adegas, todas com seus prós e contras. É necessário sempre optar por uma adega com compressor. Pois as adegas termoelétricas não foram feitas para o clima tropical.

RG – Quais as diferenças entre adega com compressor ou termoelétricas?
Especialista – Termoelétrico ou Peltier: é um sistema que não utiliza compressor e sim pastilhas termoelétricas que fazem troca de calor por transferência, ou seja, ela pode funcionar para resfriar ou aquecer, bastando inverter a polaridade. Esse sistema aqui no Brasil não funciona, pois ele foi desenvolvido para países de clima temperado, em torno de 22° e o nosso é tropical. Sua capacidade de refrigeração é limitada em 10/12 graus para cima ou para baixo, e por aqui temos variações grandes de temperatura, principalmente no verão, atingindo aqui no Sudeste, por exemplo, a faixa dos 35 graus e ninguém merece tomar um vinho a 25 graus. Imagine isso no Nordeste, onde as temperaturas são ainda mais altas!

Compressor: este é o tipo de sistema mais utilizado em refrigeradores domésticos, adegas, frigobares, etc. Utilizamos esse sistema, que é composto por compressor, gás refrigerante 134R (ecológico, não afeta a camada de ozônio), onde a temperatura é controlada por termostato digital (no caso da maioria das geladeiras é utilizado o termostato mecânico). Independente da temperatura externa, a temperatura interna sempre estará conforme o usuário solicitar – 14/17° para tinto, 9/12° para branco e 4/6° para espumante.

RG – Qual o tamanho de adega é aconselhável comprar?
Especialista – O vinho é certamente uma grande paixão. Quando o novo consumidor pega gosto em apreciá-lo, certamente passará a comprar várias garrafas de vinho por mês. Indicaria aos novos apreciadores que comecem com uma adega de 25 garrafas, mas já se preparando para trocá-lo por uma de 40.

RG – Qual o melhor ambiente para manter uma adega climatizada em casa?
Especialista – A adega poderá ser colocada em diversas áreas da residência como desde a sala de jantar, estar, cozinha, copa… Mas devemos sempre evitar locais com incidência direta de luz solar, umidade extrema, forte calor como, ao lado de fogão, forno ou churrasqueira.

RG – Adegas climatizadas baratas são boas?
Especialista – Avaliar um produto pelo preço é difícil. O consumir deve escolher uma adega por conta das qualificações agregadas ao produto.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*