Filmes que o vinho rouba a cena

Filmes que o vinho rouba a cena

Se juntar alguns enófilos para falar de filmes que o vinho é cenário da trama ou, até mesmo, protagonista, com certeza alguns nomes serão ditos repetidamente. Afinal, uma boa história e uma taça da bebida de Baco são ingredientes para tornar qualquer roteiro instigante e um pouco difícil de ser esquecido. E de fato, durante uma leitura na revista Wine, publicação especializada na bebida, os filmes indicados são os mesmo que serão citados nesta matéria. Ficou curioso? Então confira e veja se algum deles faz parte de sua lista também.

Sideways – Entre umas e outras – 2004, Alexandre Payne

Mile, um enófilo escritor que tem uma carreira frustrada e leciona inglês com um amigo ator chamado Jack que não entende muito de vinho mas não dispensa os brindes são os protagonistas do filme Sideways. A produção é um misto de comédia e drama que mostra a viagem dessa dupla pela região de Santa Bárbara, na Califórnia. A trama é um desenrolar de divertidas situações com muita degustação e imagens de vinhedos. Após ser lançado o filme provocou o que é chamado de efeito

Um bom ano – 2006, Ridley Scott 

Influenciado pelo tio francês, dono de um vinhedo na Provance, Max é um apreciador de vinhos. Investidor bem-sucedido que vive em Londres, o personagem é um tanto inescrupuloso e ao saber da morte do tio herda o Château do familiar. Com planos de vender a propriedade, Max retorna França várias lembranças, principalmente da infância, atingem o herdeiro. Ao retornar muita coisa muda, principalmente quando ele conhece a francesa Fanny. O filme tem uma fotografia belíssima de regiões do Luberone da Provence que provou um aumento da procura por estes destinos.

Somm – 2003, Jason Wise 

Quatro vinhos e quatro minutos para experimentá-los e fazer uma breve explanação sobre cada um com riqueza de detalhes. Esta é a missão dos quatro jovens sommeliers apresentados no documentário que estudam para conquistar o diploma de Master Sommelier. Este exame é o título máximo dos entendedores de vinhos. O índice de aprovação é baixíssimo, tendo em quatro décadas menos de 200 profissionais conquistado essa qualificação. O documentário foi filmado em seis países e lançado em 2003. Para os aspirantes a sommelier ou aos enófilos está produção é uma excelente referência de esforço e determinação.

Obsessão Vermelha – 2013, David Roach e Warwick 

Narrado pelo ator Russel Crowe, o título do documentário faz um trocadilho com a cor da bandeira chinesa e dos vinhos produzidos em Bordeaux. O enredo apresenta os bilionários chineses que torram suas fortunas vinhos da região de Bordeaux, sendo na maioria das vezes, motivados pela questão do status social, poder e influência. O documentário do diretor australiano, mostra imagens de vinhedos e châteaux, entrevistas com jornalistas, críticos e donos de vinícolas, além de traçar um olhar interessante sobre a forma de consumo da China e como este país influenciou o mercado internacional de vinhos.

Mondovino – 2004, Jomathan Nossiter


Para quem começa a ter interesse por vinhos e estudar sobre o assunto este documentário é obrigatório. O diretor visitou produtores de diversos países e, durante a produção, ele aborda as visões sobre o Velho e Novo Mundo, em relação produção da bebida, a importância do terroir mesmo com modernas técnicos de produção e, também, o papel do crítico que durante o longa este tem é levado a questionamento.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*