Mercado de cervejas artesanais em Salvador está crescendo

Cerveja em Salvador é papo sério

Antes do vinho ela já era consumida. Os seus principais ingredientes são água, malte, levedura e lúpulo. Hoje, são tantos apreciadores pelo mundo que fazer a própria cerveja se tornou um hobbie e até mesmo um negócio para muita gente.

Em Salvador, o movimento craft beer, que preza pela produção artesanal com alto padrão de qualidade, tem crescido. Nos últimos anos surgiram novos rótulos, cervejarias e o público consumidor aumentou.

Vinicio Beer Sommelier
Vinicio Carvalho, beer sommelier. Foto: arquivo Instagram.

Segundo o primeiro sommelier de cervejas da Bahia, Vinicio Carvalho (35), a capital baiana conta com cinco cervejarias registradas e aproximadamente 50 cervejeiros caseiros amadores, que produzem muitas vezes para o seu próprio consumo.

“É um novo nicho de consumidores que está em busca de novas experiências. Eles querem beber melhor, saber como é feita a cerveja e de onde vem. É um público que paga mais caro para consumir um produto diferenciado”, afirma o especialista.

E foi durante um encontro com os amigos, que João Bricidio (25), transformou um hábito de consumo em negócio. Sua produção caseira deu origem a Cervejaria Mawe.

“Em um churrasco entre familiares e amigos, experimentei uma cerveja artesanal e assimilei a ideia de abrir um negócio próprio”.

João menciona que utiliza as plataformas digitais, como o Instagram, para atender seus clientes e receber encomendas.

Na casa do engenheiro Darleson Quirelli (26), por exemplo, ele e os amigos criaram uma confraria de cervejas, que a proposta é explorar novos sabores e se divertir com amigos.

“Cada um leva duas cervejas, de preferência rótulos que ainda não experimentamos e ainda fazemos um churrasco ou criamos outras invenções, como hambúrgueres artesanais”, conta Quirelli.

Quer produzir sua própria cerveja?
O ponta pé inicial para começar a produzir cervejas artesanais é estudar e entender o processo de fabricação. O próximo passo é obter os equipamentos necessários. Em Salvador, a loja Bahia Malte dá suporte as pessoas que desejam ingressar universo cervejeiro. A loja vende insumos e equipamentos para os produtores principiantes, que praticam a atividade como hobby.


Marcus Lutz (35), dono da Bahia Malte, localizada no Rio Vermelho, conta que o primeiro kit desenvolvido pela loja foi o Kit Fabricação 10 litros.

“Criamos este produto para introduzir facilmente os clientes no mercado e muitos deles hoje, que começaram conosco, já abriram suas micros cervejarias”, explica o empresário.

Segundo o Lutz, o custo médio por litro de cada cerveja é de R$ 4 e o tempo de produção vai variar a depender da capacidade dos equipamentos.

Escrito por Alana Almeida, colaboradora Repórter Gourmet.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*